Blindness

Um Bem-te-vi entrou, sem querer, na minha sala. Talvez tenha sido atraído pela vidraça que refletia a luz do dia. Perdido dentro de um quadrado estranho e com temperatura diferente, num primeiro momento ele pensasse em explorar o ambiente, talvez encontrar alguma coisa interessante, um alimento novo, quem sabe, alguma companhia? Tão logo explorado, o espaço se tornou comum e perigoso, com várias armadilhas, ele quis ir embora. Tomado pelo desespero não encontrava a saída, e por mais que eu movesse os móveis, abrisse as cortinas e tentava fazê-lo enxergar a saída, ele não conseguia ir embora. Por fim, cansado de lutar contra o que ele considerava impossível, deslizou pelo chão e em um fôlego só, como se mais calmo, pudesse enxergar melhor, alçou voo em direção à janela.

Às vezes somos como o Bem-te-vi. Entramos em situações, lugares, vidas e histórias que, à primeira vista, nos parecem muito atraentes, mas depois com um olhar mais apurado descobrimos que estamos dentro de uma armadilha, uma grande emboscada adornada de coisas bonitas que nos faz ficar. Nossos sentidos ficam embotados, como se sob uma névoa enxergássemos as coisas de forma distorcida e por mais que a janela da verdade esteja escancarada à nossa frente, não vemos, temos medo de nos aproximar, medo de que ela seja somente uma ilusão de ótica que o nosso medo cria. A gente se debate, chora, insiste, e continua se machucando tentando encontrar uma saída. Na verdade, a gente sabe onde fica a saída, lá a corrente de ar é diferente, parece mais etéreo, porém não temos coragem de chegar perto. Algumas pessoas fazem como o Bem-te-vi, desce ao chão, respira, toma fôlego, tenta racionalizar e consegue sair. Outras precisarão ser ajudadas, algumas sucumbirão. A janela está ali escancarada, mais um passo e  você estará livre. Mas você quer ser livre?

Um comentário sobre “Blindness

  1. por coincidencia, estava vendo uma resenha sobre o livro da Kah Dantas – Boca do cachorro Louco que ela fala sobre relacionamentos abusivos e nossa… imediatamente me veio essa imagem. Porque na resenha conta que no inicio o relacionamento começa bem… depois é que fica abusivo!

Vai, agora é a sua vez de falar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s