Humanos

Não parecia ser uma pessoa, estava mais para um amontoado de partes desleixadamente coladas.
Nem partes eram.
Talvez um amontoado mal organizado de células.
Ou plástico.
Mas não daquele lisinho que se encontra em bonecas infláveis.
Algo mais parecido com aquele duro.
Plástico duro com pedaços que arranham nas emendas.
Aquelas emendas típicas de brinquedos mal feitos.
Brinquedos de países em desenvolvimento.
Não que estejam em desenvolvimento, são subdesenvolvidos.
É só um eufemismo.
Como ‘pessoa’.
‘Subdesenvolvidos’ é um bom eufemismo também.
Significa ‘pobres’.
Sou uma pessoa.
Em desenvolvimento.
Os outros não parecem ser pessoas.
Estão mais para amontoados de partes desleixadamente coladas.
Que nem partes são.
Não parecem estar em desenvolvimento.
A culpa é deles.
Isso não é minha responsabilidade.
É dos os outros.
São só amontoados mal organizados de células.
Ou plástico.
Sou de carne e osso.

 

05/07/2016

Vai, agora é a sua vez de falar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s