Um dia

filme-um-diaO livro Um dia, do escritor David Nicholls, conta a história de Emma Morley e Dexter Mayhew. A história é contada capítulo por capítulo por episódios anuais durante 20 anos, todo dia 15 de julho. Assim, ano após ano a vida é narrada.

Mais que um romance e uma estória, um dia é um livro que fala sobre a vida, sobre erros e acertos que poderiam ser de cada um de nós, porque todos nós somos um pouco como Emma e Dexter, porque todos nós passamos a vida pensando e agindo como se tivéssemos todo o tempo do mundo para fazer qualquer coisa. A gente acredita nos nossos sonhos para que a realidade doa menos, ou porque nossos sonhos valeram alguma coisa, ou porque no final do caminho, os sonhos foram a nossa própria vida.

Um dia não é um livro incrível que te deixa extasiado, ele consegue em alguns momentos, ser um livro cru, sem muitos floreios. De linguagem leve e bem humorada, ele foge aos clichês comuns em romances e aos poucos, vai criando laços com a gente, se “alastrando” dentro de nós, nos convidando a pensar sobre a nossa vida, sobre as nossas atitudes e postura que adotamos mediante nossas escolhas e caminhos traçados.

Emma e Dexter eram jovens, recém formados na faculdade e com muitos sonhos, a vida os unindo naquilo que prometia ser uma grande e sincera amizade, daquelas que a gente um dia acaba mesmo confundindo com amor e que de tanto querer, acaba criando. Amor entre amigos, dizem que são aqueles que mais têm chance de durar, porque os casais que não são amigos não sabem conversar.

Um dia, vinte anos, é o tempo que Emma e Dexter têm para provar se a amizade virou amor ou vice versa, eles nunca pararam para se questionar, mas eles sempre estiveram por ali como são as verdadeiras amizades, como os amores se comportam durante a vida.

Não importa o caminho que percorremos, não importam os percalços, os obstáculos que temos que enfrentar durante o trajeto, não importa o número de bocas que se beijam ou o número de camas que se deitem, o amor sempre nos encontra. E ele nos transforma, o amor pelo outro é o que nos encoraja a ser melhor, melhor para nós porque nós também somos o reflexo do ser amado e quando há reciprocidade (que é o que se espera dos amores) nossa escolha por ser melhor deixará o outro também modificado.

Um dia é um livro pra se ler sem muitas expectativas, deixar-se levar pela linguagem clara do autor e deixar que a ideia subliminar tome conta de você e te faça pensar sobre a sua vida daqui a 20 anos.

Quem você quer ver lá no futuro com você?

Anúncios

Vai, agora é a sua vez de falar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s