Mudança de ângulo

Oficialmente ainda não havia declarado nada. Não era comum manter silêncio por muito tempo mas precisava tentar, treinar na verdade.

Sabia que em momento qualquer iria perder a batalha. Mas tinha a mente tranquila e sorria para as paredes. Nunca foi assim.

Pensou nesta frase mil vezes, repetiu outras mil contra a luz do banheiro e cantarolou outras de frente ao fogão. Como está sendo bom!

Bom estar só e o sorriso não negava. Aprendeu tanto em tão pouco tempo. Em momento algum fraquejou. E se o fez sua mente removeu da memória qualquer fragmento do que poderia colocar tudo a perder. Continuava falando sozinha, chegou até a brigar com a porta uma certa vez, mas logo fizeram as pazes.

Isso ainda não conseguiu mudar, não consegue ficar muito tempo brigado com alguém. Mesmo que esta pessoa não mereça, mesmo que se arrependa sempre tem um sorriso seguido de abraço. Ou abraço seguido de sorriso.

E é somente isso que queria por perto. Sorrisos. Por isso hoje tem muitos guardados, escondidos. Pra quando ninguém mais estiver olhando, pra quando não tiver ninguém por perto ela abrir a caixa e poder tê-los todos juntos de uma só vez…

 

Anúncios

Vai, agora é a sua vez de falar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s