Escandalizados, estamos todos

Sabe, eu acho que no Brasil, as pessoas se escandalizam pelas causas erradas. Perdem tempo demais com conceitos ultrapassados e mantém preconceitos que só atrasam nossa sociedade. O pensamento tacanho e limitado reina absoluto e acaba fechando os olhos para assuntos relevantes.

Por exemplo, a gente aceita com facilidade e com uma enorme dose de omissão que os governantes nos roubem, escondam dinheiro em cuecas, comprem castelos, façam crescer seus patrimônios de forma exorbitante, aceitamos porque já foi incutido através do tempo que toda sociedade é corrupta. Aceitamos com resignação a vida e a saúde sendo banalizada, fazendo com que aqueles de baixa renda morram pelas filas de hospitais, pelas macas postas nos corredores. Seres humanos definhando sem atendimento médico de qualidade.

Ninguém se revolta mais com a educação falida, com salários vergonhosos que os professores recebem para passar uma mínima condição de cultura, de civilidade. Nossa sociedade não se levanta contra a cartilha vergonhosa que presta verdadeiro desserviço à nossa educação, cartilha esta que não se importa mais com a grafia correta das palavras. Ninguém se incomoda que nossas crianças desaprenderam a escrever corretamente, que não sabe ler e interpretar um texto, por mais simples que seja.

Nossa sociedade é conservadora, que se incomoda com os gays, acha que homossexualidade é desvio de caráter, doença. Acreditam que pessoas que gostam de pessoas do mesmo sexo estão possuídas pelo demônio e precisam ser exorcizadas. A gente não se espanta mais com as crianças jogadas no lixo, a cena é corriqueira, mas nossa sociedade não suporta ver um casal gay adotar uma criança e lhe dar amor, carinho, educação e família. Ninguém se importa com as pessoas passando fome, sem emprego e dignidade, mas se nega a empregar um negro, dar-lhe igualdade de direitos.

Às vezes eu me pergunto se há uma inversão de valores ou se há uma ausência deles, porque eu não consigo compreender como a gente se acostuma com os fatos pela banalização deles, e nos escandalizamos com outras coisas muito mais inofensivas. Temos dificuldade de entender que somos todos iguais e não só perante a lei. Basta olhar uma radiografia ou o tipo sanguíneo, não há qualquer indício sobre a cor da pele, religião, escolaridade ou cultura.

Até onde meu conhecimento alcança, nós vivemos em uma sociedade livre, de livre expressão, de pensamento livre, de livre arbítrio. Nós vivemos em uma democracia e em um estado laico, não cabe condenarmos a felicidade alheia pelo gênero. Não temos o poder de obrigar pessoas a serem heterossexuais ou homossexuais. As pessoas são o que elas são e devem ser respeitadas por isso, sem que haja agressividade. Não cabe  em nossa sociedade, que as pessoas sejam discriminadas por querer amar sem amarras e sem pudores, e ninguém pode ter seu valor definido pela altura, cor, credo ou classe social.

O Brasil precisa se escandalizar com crimes, não pelo amor entre duas pessoas, não pelo que elas se parecem ou pensam. Escandalizamos pela causa errada, escandalizamos pela felicidade, não pelo crime.

Anúncios

6 comentários sobre “Escandalizados, estamos todos

  1. Somos o produto de um meio que ignora seus próprios defeitos, mas faz questão de enfatizar os defeitos alheios, como se a nós pudesse ser incumbida tal tarefa.

    Somos pastores de mentiras e hipócritas insatisfeitos com o sucesso alheio. Preferimos, aludindo a imagem do artigo, vestir a máscara da falsa indignação diante de questões fúteis que só caberiam ao criador julgar, a ter que nos pronunciar diante de questões que cabem a nós mudar.

    Quem sabe, um dia, estaremos nós ocupando uma cadeira pública e ao deliciarmo-nos com o farto banquete das verbas públicas, teremos que dizer que “nunca o fizemos”, “tenho uma conduta ilibada”… não queremos ser hipócritas duas vezes, queremos?

    Somos o produto de um meio que criamos e só nos escandalizamos, com o que não mais escandaliza verdadeiramente.

  2. ótimo texto Carol.

    A gente está acostumado a deixar as coisas pra lá. temos a irritante mania de achar que é tudo a mesma coisa e nunca muda, daí acabamos nessa inércia, banalizando por comodismo e omissão. Somos todos, sem exceção, a pior raça que existe,

Vai, agora é a sua vez de falar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s