O Brasil em olimpíadas

As olimpíadas de 2012 se encerraram no último dia 12 de agosto. Durante quinze dias os olhos do mundo estiveram sobre Londres. E nós brasileiros alimentávamos grande expectativas sobre nossas delegações, especialmente no voleibol e na natação, onde sempre conseguimos os melhores resultados.

Muito se falou nas redes sociais sobre o fraco desempenho brasileiro nessas olimpíadas, mas se buscarmos um histórico dos nossos atletas nestas competições, constataremos que Londres não foi um fiasco completo como se pregam por aí. Superamos ano a ano nossas marcas, Em Pequim em 2008 por exemplo o Brasil faturou 15 medalhas, em Londres foram 16.

Claro que nada que se comparado à China e aos Estados Unidos que têm um programa organizado sobre modalidades esportivas, as delegações recebem investimento, apoio, patrocínio e infra estrutura, além de modalidades que nós brasileiros não estamos acostumados, como esgrima por exemplo. O Brasil não investe nos seus atletas, que para conseguir um bom desempenho sacrificam seus salários e saúde para conseguirem alguma medalha. São homens e mulheres que enxugam o resto de fôlego e força para dar um bom exemplo aos seus compatriotas. Londres deixa um grito preso na garganta porque esperávamos ouro do time do Bernardinho e também tínhamos como certas as medalhas que nosso querido César Cielo nos traria. Medalha de prata tem gosto de derrota, diferentemente da medalha de ouro e bronze que são oriundas de vitória. Mas alguém reclama quando vê algum brasileiro no pódio? Garanto que não.

Cansei de dizer que “sirva de exemplo” porque não estamos acostumados a olhar para trás e buscar exemplos, mas temos quatro anos para investir nos nossos atletas, no esporte e quem sabe aqui no Rio em 2016 teremos uma grata surpresa. Difícil de acontecer? Admito que sim, mas impossível não é.

A bandeira olímpica já chegou no Rio, agora falta o investimento.

Para curiosidade, pesquisei o desempenho brasileiro em jogos olímpicos desde os primórdios da competição e cheguei a estes números:

Antuérpia (Bélgica) 1920 – Três Medalhas – 1 ouro, 1 prata, 1 bronze;

Londres (Reino Unido) 1948 – Uma Medalha – 1 bronze;

Helsinque (Finlândia) 1952 – Três Medalhas – 1 ouro, 2 bronze;

Melbourne (Austrália) 1956 – Uma Medalha – 1 ouro;

Roma (Itália) 1960 – Duas medalhas – 2 bronze;

Tóquio (Japão) 1964 – Uma medalha – 1 bronze;

Cidade do México (México) 1968 – Três medalhas – 3 bronze;

Munique (Alemanha) 1972 – Duas medalhas – 2 bronze;

Montreal (Canadá) 1976 – Duas Medalhas – 2 bronze;

Moscou (Rússia) 1980 – Quatro medalhas – 2 ouro, 2 bronze;

Los Angeles (Estados Unidos) 1984 – Oito medalhas – 1 ouro, 5 prata, 2 bronze;

Seul (Coreia do Sul) 1988 – sete medalhas – 2 ouro, 2 prata, 3 bronze;

Barcelona (Espanha) 1992 – Duas medalhas – 1 ouro, 1 prata

Atlanta (Estados Unidos) 1996 – Quinze medalhas – 3 ouro, 3 prata, 9 bronze;

Sydney (Austrália) 2000 – Doze medalhas – 6 prata, 6 bronze;

Atenas (Grécia) 2004 – Dez medalhas – 5 ouro, 2 prata, 3 bronze

Pequim (China) 2008 – Quinze medalhas – 3 ouro, 4 prata, 8 bronze;

Londres (Reino Unido) 2012 – Dezesseis medalhas – 3 ouro, 5 prata, 8 bronze

Anúncios

2 comentários sobre “O Brasil em olimpíadas

  1. Concordo, aqui no Brasil investe-se pouco no esporte, exceto no futebol onde há mais política e jogo de interesse do que esporte propriamente dita, tanto que o maior furor de indignação deu-se quando a seleção brasileira de futebol não levou a medalha de ouro.

    Gostei muito da pesquisa sobre a participação da delegação brasileira na história das olimpíadas. Como pode ver, estamos subindo no ranking, tomara que em 2016 a gente consiga todos os nossos recordes.

    Beijos

Vai, agora é a sua vez de falar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s