Sobre amor

“Já pensou que esse lance todo de amor verdadeiro pode ser uma conspiração capitalista, uma mentira forjada pela indústria de filmes, da publicidade, da música. Todo mundo criando essa coisa, esse conceito que nem sequer existe.

Amor verdadeiro não existe?

– Pensa bem, onde ele está além das músicas, livros e filmes? Quem pode honestamente dizer: “eu sempre vou te amar”?

Talvez o amor verdadeiro seja tentar a sorte com alguém, se dar a alguém sem receber nada em troca. Talvez o amor não seja uma coisa que aconteça com você, talvez seja uma coisa que você escolhe.”

[Diálogo de Peter e Jack do filme “Amor e outros desastres”]

“O amor verdadeiro é um processo, não um evento.”

Anúncios

6 comentários sobre “Sobre amor

    • Carol Machado disse:

      faz um certo sentido se vc parar pra analisar friamente a coisa. Assim como natal, dia das mães, dia dos pais, páscoa, dia dos namorados, tudo isso virou data comercial, puro capitalismo, ninguém estimula a criança a pensar no natal como nascimento de Cristo e nem na páscoa como ressurreição, por exemplo.

    • Carol Machado disse:

      Creio que uma mãe discordaria de você Miasael (Ou Misael?) Creio ser unanime a opinião de que mães amem seus filhos de forma incondicional ( ou deveriam amar).

Vai, agora é a sua vez de falar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s