Sobre copas e amores

Eu tenho boas e más recordações sobre a copa do mundo de 1998. A má recordação é óbvia, o Brasil perdeu a copa para a França. A boa foi um amor, daqueles arrebatadores mesmo. Paixão avassaladora que me fazia perder a cabeça e viver o sentimento com todas as minhas forças. Nosso namoro não durou mais que 8 meses, mas foi tempo suficiente pra me mostrar o que era ser amada e amar, consequentemente.

Na copa de 2002, eu estava noiva. Foi uma copa insossa apesar de o Brasil ter conquistado o penta.

Na copa de 2006, eu estava solteira e curti muito. Nem sei em qual colocação a seleção brasileira terminou a copa, sem somente que a Itália ganhou e eu tava de porre..rs

Esse ano promete, apesar do frio que chegou mais cedo e inspira um clima mais romântico, fato é que estou solteira novamente e mais animada do que nunca.

 

Anúncios

Vai, agora é a sua vez de falar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s